Pages

sábado, 8 de outubro de 2016

Eu sou Brasileira, mas estou desistindo - política

Pro Franquias
Passou 10 anos já e o desabafo AINDA É ATUAL :(

EU SOU BRASILEIRA, MAS ESTOU DESISTINDO
Autoria - Silvana Duboc
15/05/2006

A gente vem empurrando com a barriga, tentando disfarçar, tomando um chopinho, saindo pra dançar, indo ao cinema, visitando os amigos, indo a praia, brincando no orkut...tudo isso porque somos brasileiros e alguém disse que não desistimos nunca. Acontece que antes de sermos brasileiros somos seres humanos, cheios de necessidades, dificuldades e tristezas. Temos sido obrigados a assistir,diariamente,fatos inacreditáveis e revoltantes. Ah, mas no Brasil não tem terremoto, tornado, furacão, vulcão, tsunami...

Mas que diferença isso faz? Pelo menos as pessoas que morrem ou sofrem nos países que têm tudo isso é por fatalidade causada por fenômenos da natureza. E aqui? Aqui as tragédias têm sido constantes por causa do próprio ser humano. Os governantes atingiram o máximo que se pode atingir em termos de desonestidade. Só falta mesmo eles invadirem nossas casas com uma AR 15 e gritarem - mãos ao alto!!! Deles, realmente, não se pode esperar mais nada. E o pior de tudo é que vêm aí as eleições. Seria cômico se não fosse tão trágico. Os traficantes, por absoluto desleixo das autoridades, viraram os donos do país. E há quem diga que os usuários de drogas são meros inocentes. Claro que quem diz isso são os próprios usuários. MENTIRA!!!! Se não fossem vocês, que se julgam uma agulha no palheiro, os traficantes não teriam como sobreviver.  Você têm uma parecela de culpa, sim! Mas, enfim, enquanto esses assassinos que comandam os morros e já estão comandando as cidades não matarem ninguém da sua família, você, usuário de drogas, não vai entender isso. Nas cadeias apodrecem pessoas que roubaram uma margarina, enquanto o sujeito que matou a queima roupa uma mulher, por puro ciúmes e é réu confesso, leva uma vida normal durante anos e quando, finalmente, é julgado pega uma pena de quase vinte anos mas, saí de cabeça erguida pela porta da frente do fórum como se nada tivesse acontecido. Como assim? Por acaso eu tenho cara de palhaço? A família da mulher que esse assassino matou são um bando de palhaços? Será que alguém viu o estado que está o pai dela? Não é mais tristeza que ele sente, vai muito além disso. O pobre homem é um morto vivo, desenvolveu sérias doenças por causa da revolta e falta que sente da filha e agora que ele imaginou que poderia, perceba bem, PODERIA, dormir um pouco mais em paz, vem essa porrada pela frente. O assassino sai feliz e contente do seu julgamento para continuar vivendo em liberdade. Um tal de garotinho que está, no momento, sem nenhum brinquedinho legal resolve fazer greve de fome.

Pois que morra seco, estorricado. Nós,brasileiros, lá estamos com tempo pra ficar com peninha desse ser? Vá comprar uma chupeta! As contas nos paraísos fiscais cada vez mais gordas e o povo passando fome e lutando pra arrumar um emprego e se descabelando pra sustentar suas famílias... Como assim? Que país é esse? E o "nosso" presidente? Não sabe de nada, não viu nada, não contaram nada pra ele, o país vai bem obrigado, o povo está muito satisfeito,ele quer se reeleger e ponto final.

E as leis do nosso país que já estão mais que ultrapassadas e não aparece ninguém pra tentar mudá-las. Claro, eles não têm tempo pra isso, estão ocupados roubando. Agora São Paulo virou Iraque. O que é isso? Até onde vai isso?
São as leis...o criminoso, bandido, safado e sem vergonha têm direitos, coitadinhos, DIREITOS.
É, aquele mesmo que matou um amigo seu, estuprou a sua filha, participou de chacinas, metralhou um monte de gente, viciou seu filho, esse pobrezinho têm direitos. Saiu pra visitar a mamãe no dia das mães e claro, não voltou, afinal ele de besta não tem nada.

As bestas somos nós!!! O governo de São Paulo bate pé que não precisa da ajuda das forças armadas e ainda diz em alto e bom tom e cheio de razão, que está tudo sob controle. Como assim, tudo sobre controle?
Será que é um filminho de Powers Rangers que está passando na minha televisão e eu, idiota que sou, estou achando que é tudo verdade?

Eu tô puta, eu tô nervosa, eu tô amargurada, eu tô revoltada, EU TÔ COM VERGONHA DE SER BRASILEIRA!!!